Brazilian CollectorsBrazilian Collectorsn/a

klevellin
Regular Boarder

klevellin

Online No
Level 6
Joined 1 year ago
Post(s) 2
Location Aquidauan...

4 months ago
Olá colecionadores brasileiros! Estou fazendo este tópico para sabermos quais lojas declaram valor menor, usam nome de pessoa física e enviam como presente. A única loja que conheço que faz isso é a Jungle. Acredito que será uma informação bastante útil para nós. Desde já, agradeço a colaboração de vocês!
  #24086630

shalnark
Regular Boarder

shalnark

Online No
Level 12
Joined 5 years ago
Post(s) 376
Location Rio de Ja...

4 months ago
No tópico sobre lojas já fala quais enviam com valor declarado menor (pelo menos entre as lojas japonesas mais populares): (mfc link)

Mas é, pode ser que possamos deixar a lista mais completa.

Ah, e enviar com nome de pessoa fisica ou como presente é irrelevante, a Receita ignora totalmente isso, só vê o valor mesmo.
  #24087427

klevellin
Regular Boarder

klevellin

Online No
Level 6
Joined 1 year ago
Post(s) 2
Location Aquidauan...

4 months ago
Entendi. Não sabia que a receita ignorava. Sou colecionador a pouco tempo (um ano e meio) e as informações que encontrei sobre importação falam que os produtos só não são taxados se forem abaixo de $ 50, enviados como GIFT e por pessoa física. Valeu pela informação!
Realmente poderíamos aumentar essa lista das lojas que declaram valor menor.
Updated 4 months ago #24094160

Thorcsf
Regular Boarder

Thorcsf

Online No
Level 5
Joined 2 months ago
Post(s) 3
Location Rio de Ja...

6 days ago
shalnark (4 months ago) #24087427Ah, e enviar com nome de pessoa fisica ou como presente é irrelevante, a Receita ignora totalmente isso, só vê o valor mesmo.
shalnark, sem querer duvidar da sua palavra, mas você tem provas disso ou está se baseando na sua experiência? Na minha experiência eu acho que faz sim diferença se é enviado por pessoa física ou jurídica. Pode acontecer sim de um produto enviado por PF ser taxado e de um produto enviado por PJ não ser (ambos os casos já aconteceram comigo), mas na minha experiência eu acho que os produtos enviados por PF têm menos chances de serem taxados - posso estar enganado, mas pelo menos a lei diz que produtos enviados por PF e com valor abaixo de $50 são isentos de taxação (apesar de que eles basicamente ignoram isso, taxando essas encomendas mesmo assim às vezes). Marcar como presente é realmente irrelevante, isso eu tenho certeza, mas ser enviado por PF ou PJ acho que faz diferença sim (já vi outras pessoas também falando isso), mas posso estar enganado. Por favor, gostaria de ouvir suas considerações; e se alguém tiver provas disso ou sólida experiência, sintam-se livres para dar suas opiniões também.
Updated 6 days ago #29488291

shalnark
Regular Boarder

shalnark

Online No
Level 12
Joined 5 years ago
Post(s) 376
Location Rio de Ja...

5 days ago
Não tenho nenhuma prova disso não, falei apenas com base em experiência pessoal, onde não consegui ainda ver relação entre o nome do remetente e as chances de taxa. Então posso sim estar completamente equivocado, você tem razão.
  #29496798

Thorcsf
Regular Boarder

Thorcsf

Online No
Level 5
Joined 2 months ago
Post(s) 3
Location Rio de Ja...

5 days ago
Entendi. Bem, eu sempre acreditei que o remetente sendo pessoa física, as chances de ser taxado são menores (principalmente pelo que a lei diz sobre isenção de taxação, que é somente para encomendas de PF), inclusive já vi outras pessoas falando isso. Mas realmente não há provas nem de que as encomendas de PF são menos taxadas e nem há provas de que não há distinção. Temos que nos basear pelas nossas experiências mesmo; pelo que vi no seu perfil, você tem bastante figuras, então deve ter bastante experiência com isso. Mas eu vou continuar acreditando que as encomendas enviadas por PF têm menos chances de ser taxadas, até que alguém, ou mais pessoas, me convençam do contrário. Mas vou considerar a sua opinião a partir de agora, pois você pode estar certo, e você parece ter bastante experiência.

O que eu sei que faz diferença nas chances de taxação mesmo são:
- Pacotes pequenos, mais leves e mais discretos (sem logos de loja) têm menos chances de taxação. Já que a taxação é geralmente feita por amostragem, os pacotes maiores, mais pesados e com logos de loja chamam mais atenção; é como se eles tivessem gritando: "Ei, me taxe!", rs.
- EMS (que vão para SP) tem praticamente 100% de chance de ser taxado; enquanto que small packet (encomendas de até 2 Kg) (que vão para Curitiba) tem menos chances e (descobri agora neste grupo) parcel (que vão para o Rio) tem menos chances ainda.
- Valor. Como você disse, encomendas de valores mais altos têm mais chances de serem taxadas.
- Comprar na época do Natal tem menos chances de taxação, já que o país recebe muitas encomendas nessa época e os armazéns deles ficam cheios.

Por fim, este garoto dá umas dicas legais: [ext link ] (link do YouTube).
  #29517688

Seimi
Regular Boarder

Seimi

Online No
Level 9
Joined 6 years ago
Post(s) 4
Location Brazil

5 days ago
Thorcsf (5 days ago) #29517688Entendi. Bem, eu sempre acreditei que o remetente sendo pessoa física, as chances de ser taxado são menores (principalmente pelo que a lei diz sobre isenção de taxação, que é somente para encomendas de PF), inclusive já vi outras pessoas falando isso. Mas realmente não há provas nem de que as encomendas de PF são menos taxadas e nem há provas de que não há distinção. Temos que nos basear pelas nossas experiências mesmo; pelo que vi no seu perfil, você tem bastante figuras, então deve ter bastante experiência com isso. Mas eu vou continuar acreditando que as encomendas enviadas por PF têm menos chances de ser taxadas, até que alguém, ou mais pessoas, me convençam do contrário. Mas vou considerar a sua opinião a partir de agora, pois você pode estar certo, e você parece ter bastante experiência.

O que eu sei que faz diferença nas chances de taxação mesmo são:
- Pacotes pequenos, mais leves e mais discretos (sem logos de loja) têm menos chances de taxação. Já que a taxação é geralmente feita por amostragem, os pacotes maiores, mais pesados e com logos de loja chamam mais atenção; é como se eles tivessem gritando: "Ei, me taxe!", rs.
- EMS (que vão para SP) tem praticamente 100% de chance de ser taxado; enquanto que small packet (encomendas de até 2 Kg) (que vão para Curitiba) tem menos chances e (descobri agora neste grupo) parcel (que vão para o Rio) tem menos chances ainda.
- Valor. Como você disse, encomendas de valores mais altos têm mais chances de serem taxadas.
- Comprar na época do Natal tem menos chances de taxação, já que o país recebe muitas encomendas nessa época e os armazéns deles ficam cheios.

Por fim, este garoto dá umas dicas legais: [ext link ] (link do YouTube).

É confirmado que comprar na época do natal tem menos chances de ser taxado? Sempre achei que fosse o contrário kkk mas isso é bom saber.
E sobre o parcel, eu vejo o pessoal falar bastante e sempre tive curiosidade de usar, vocês acham muito mais caro que o SAL small packet? Esse é meu único medo de escolher essa opção ):
  #29521960

Thorcsf
Regular Boarder

Thorcsf

Online No
Level 5
Joined 2 months ago
Post(s) 3
Location Rio de Ja...

5 days ago
Seimi (5 days ago) #29521960É confirmado que comprar na época do natal tem menos chances de ser taxado? Sempre achei que fosse o contrário kkk mas isso é bom saber.
E sobre o parcel, eu vejo o pessoal falar bastante e sempre tive curiosidade de usar, vocês acham muito mais caro que o SAL small packet? Esse é meu único medo de escolher essa opção ):

Seimi, pelo que o garoto explica no vídeo que postei na minha mensagem anterior, na época de Natal o Brasil recebe 3x mais encomendas do que nos resto do ano, aí os armazéns da Receita ficam lotados e eles não têm a mão de obra para taxar tudo, por isso eles acabam liberando muitas encomendas.

Sobre o valor do parcel, geralmente você pode ver quanto vai ficar o custo do parcel e o custo do small packet no site da loja antes de fechar o pedido (se o produto estiver em estoque), aí você vê se vale a pena ou não. Caso a loja não ofereça parcel e/ou não declare um valor menor na encomenda, você pode usar um redirecionador. Eu estou usando pela primeira vez um agora, chamado BlackShip: [ext link ]. Você se cadastra lá, escaneia e envia os seus documentos, e ganha um endereço no Japão; aí toda compra que você fizer no Japão, inclusive de sites que não enviam para o exterior, você pode pedir para entregar no seu endereço do BlackShip. Eles cobram uma taxa bem pequena para encaminhar a encomenda para a sua residência, e eles oferecem váaarias opções de frete, inclusive SAL small packet e SAL parcel. Eles também tiram acho que três fotos da sua encomenda quando ela chega lá, sem custo adicional. O problema de usar um endereço japonês para as suas compras lá, é que você terá que pagar 8% de imposto sobre o valor do produto, assim como os japoneses pagam. Mas para sites que não têm opções de fretes baratos e/ou não declaram um valor menor na encomenda, acho que vale a pena, pois no BlackShip você faz a sua própria declaração e pode declarar o valor que quiser (mas lembre-se que no caso de extravio da encomenda, o seguro só cobre o valor declarado). Entre no site; lá eles têm uma calculadora de frete, aí você tem como ter noção da diferença de preço do small packet para o parcel. ;)

P.S. Eu só conheço um redirecionador no Japão, que na verdade é um serviço de proxy (eles fazem a compra para você), que oferece seguro no valor real da mercadoria, mesmo que você declare um valor menor, que é o ZenMarket: [ext link ].

P.P.S. Se você ou mais alguém aí quiser fazer compras nos EUA também e quiser usar um redirecionador lá também, eu recomendo o MyVIPBox: [ext link ]. Eles também declaram um valor menor na encomenda, enviam em embalagem discreta (se você pedir reempacotamento) e ainda enviam em nome de pessoa física (se isso faz alguma diferença, como discutimos anteriormente).
Updated 5 days ago #29527442

Top ↑

Join the club to join the discussion.